Editorial: Começar agora

Passaram sensivelmente quinze dias desde a realização das eleições autárquicas deste ano, que movimentaram (pouco) Almeirim ao longo dos últimos meses. Houve já tempo para festejar, para lamentar e agora é época de balanços sobre o que correu mal e o que se pode projectar de bom para o futuro.

A frase “as eleições ganham-se em quatro anos, não é em quatro dias”, é válida e deve ser aplicada em particular em municípios como os de Almeirim que foram alvo de uma maioria absoluta imbatível, onde quase toda a oposição foi aniquilada.

Manter vivo e aceso o debate é uma obrigação, em particular, dos responsáveis políticos mas de todos os almeirinenses. Seja através da participação associativa, seja nos partidos, seja no jornal local ou até nas redes sociais, é agora, mais do que nunca, importante manter vivo o debate sobre o nosso concelho, sobre as nossas freguesias.

De um processo eleitoral surgem sempre surpresas e desilusões. Este é o momento de saber aproveitar o que de bom surgiu destas eleições para projectar um futuro com alternativas válidas para este tipo de desafios.

Devem assim, todos aqueles que se envolveram nestas eleições, todos aqueles que foram votar, reunir-se em grupos informais de debate, mostrarem-se atentos e exigentes com o executivo municipal, para que ao longo dos próximos anos não só convençam outros a participar de forma mais activa, mas para que possam também eles próprios ser protagonistas e eleitores mais esclarecidos.

2017@almeirim2017.com'

Fundador do Almeirim 2013 e Almeirim 2017. Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Responsável de comunicação de uma federação desportiva. Colabora ainda com meios de comunicação ligados à politica nacional, ao ténis e à tauromaquia.

Share this Post[?]
        


Leave a Reply