O Almeirinense/Almeirim2017 promoveu grande debate à Câmara de Almeirim

Decorreu na Sexta-Feira, 22 de Setembro, o último dos cinco debates da Operação Autárquicas 2017, do jornal O Almeirinense/Almeirim2017.com. A Praça Lourenço de Carvalho foi palco da Festa da Democracia e da única sessão de esclarecimentos com todos os candidatos, que durou perto de 2h30 e que envolveu ainda a comunidade artística local.

No inicio do debate, João Vinagre, candidato do CDS, esclareceu que tentou um acordo de coligação com o PSD, mas que tal não foi possível e que avançou assim como cabeça-de-lista, mais cedo do que o previsto. Já a candidata da coligação Inovar Almeirim (PSD/MPT), Vanessa Duarte, disse ser uma “pessoa de projectos”, respondendo à mudança da CDU (onde lidera uma Junta de Freguesia), para o PSD, não respondendo onde se situava politicamente.

No balanço dos últimos quatro anos, Pedro Ribeiro salientou a “dívida zero, todos os meses”, devido ao pagamento a quatro dias a fornecedores, bem como destacou o interesse de investimentos no concelho superiores a 100 milhões de euros, que podem gerar mais de 200 empregos directos, na primeira fase. O líder da autarquia e candidato do PS, disse ainda que caso “o que eu estiver a dizer [sobre os investimentos] for mentira, saio da câmara”. Pedro Ribeiro foi acusado pela candidata do PSD/MPT, Vanessa Duarte, de “aproveitamento politico”, face a este tema.

Ainda na questão económica, Vanessa Duarte (Inovar Almeirim) colocou a captação de investimento como uma prioridade, sendo que Sónia Colaço, da CDU, disse que “para além da captação de investimento é necessário criar condições para que as empresas que já existem, se mantenham”. João Vinagre, do CDS, disse ser “essencial criar não só condições para as grandes empresas, mas também para os Pequenos e Médios Empresários”.

A candidata do Inovar Almeirim acusou o actual presidente e recandidato do PS de fazer uma “gestão corrente” do municipio, enquanto Sónia Colaço criticou a falta de um Posto de Turismo na zona da restauração, bem como a falta de cuidado com o Paço Real. Já João Vinagre, do CDS, focou-se nos atrasos na divulgação de convocatórias para as reuniões autárquicas, bem como com a falta de preocupação com os pormenores, na cidade.

Na área desportiva, Pedro Ribeiro (PS), disse que o valor gasto em apoios “não é elevado face aos resultados obtidos”, acrescentando ainda que “muitos dos eventos esgotam a nossa hotelaria e a nossa restauração”. Vanessa Duarte (Inovar Almeirim) quer trazer para o concelho um pólo da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, enquanto João Vinagre considera que os espaços desportivos precisam de ser aumentados, estando actualmente lotados.

O candidato do PS falou ainda sobre a requalificação da zona da Praça de Touros, bem como da instalação de uma pista de gelo no centro da cidade, uma zona que no entender de Sónia Colaço (PCP/PEV), merece também mais atenção por parte da autarquia.

Para o futuro, a CDU entende que a “revisão do PDM é prioritária para o concelho”, enquanto o CDS entende que deve ser a “fixação de famílias essa prioridade”. O desenvolvimento económico é a bandeira do Inovar Almeirim, enquanto o PS quer concluir a substituição de todas as lâmpadas para LED no concelho, bem como requalificar as escolas que ainda não foram alvo de obras recentemente.

Imagens do debate AQUI

2017@almeirim2017.com'

Fundador do Almeirim 2013 e Almeirim 2017. Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Responsável de comunicação de uma federação desportiva. Colabora ainda com meios de comunicação ligados à politica nacional, ao ténis e à tauromaquia.

Share this Post[?]
        


Leave a Reply