Deputado Municipal critica actuação da oposição

Eduardo Oliveira, ex-Secretário-Geral da Juventude Socialista de Almeirim e deputado municipal em regime de substituição na Assembleia Municipal, criticou na sua página do Facebook a postura da JSD de Almeirim no que toca ao caso da vereadora da educação, Maria Emília Moreira.

Diz o ex-dirigente da JS Almeirim que “a JSD em quatro anos (2013 a 2017) emitiu dois comunicados. (…) Os dois exclusivamente sobre casos de claros erros de conduta de responsáveis políticos do concelho”.

Eduardo Oliveira diz que a JSD se limitou apenas a pedir “sangue” e estende a critica à Juventude Popular, ao dizer ainda que “as juventudes partidárias da direita em Almeirim fazem escola na normalização de um visível absentismo político”.

O jovem socialista refere-se aos comunicados sobre o caso da contratação da filha da Junta de Freguesia da Raposa, um caso explorado em primeira instância pela Juventude Popular e agora o da vereadora Maria Emília Moreira, sobre o qual a Juventude Popular ainda não reagiu. A JSD Almeirim emitiu comunicados em ambos os casos.

2017@almeirim2017.com'

Fundador do Almeirim 2013 e Almeirim 2017. Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Responsável de comunicação de uma federação desportiva. Colabora ainda com meios de comunicação ligados à politica nacional, ao ténis e à tauromaquia.

Share this Post[?]
        


Leave a Reply